sexta-feira, 23 de setembro de 2011

CRASE

Crase é a fusão de a+a

 Representa-se graficamente a crase pelo acento grave.
 Os casos mais comuns de crase envolvem a preposição a e os artigos definidos a ou as.

  Observe, por exemplo, esta frase:
 Fui à escola.

 Fui-Termo que exige a preposição a.
a-Preposição.
a-Artigo.
escola-Palavra feminina que admite o artigo.

 Há alguns artifícios para saber se ocorre ou não crase.

 Observe:

1-Substitua a palavra feminina que ocorre depois do a por uma palavra masculina. Se aparecer ao ou aos diante da palavra masculina, a crase está confirmada.

 .Fui à praia. (Fui ao campo.) 
 .Enviei uma carta à ela (Enviei uma carta a ela.) 
 .Percorri as ruas das cidades (Percorri os bosques das cidades.)

2-Substitua o a por para a (s). Se a substituição for possível, ocorre crase.

 ."Também o impulso ao pensamento é o impulso à vida." (Também o impulso ao pensamento é o impulso para a vida.)
 .Falei a você que não viesse. (Falei para você que não viesse.)

3-Quando se trata de nome de lugar, construa a frase, usando o verbo voltar.

 .Fui a Curitiba. (Voltei de Curitiba.) 
 .Fui à França. (Voltei da França.)

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir